Mostrar mensagens com a etiqueta passatempo. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta passatempo. Mostrar todas as mensagens

quarta-feira, 11 de julho de 2018

Já participaram no passatempo no instagram?

Uma amiga minha da faculdade (mais uma amiga dela que não conheço, mas que há de ser simpática também senão não a aturaria) começou um negócio novo: Bit by Bit Platters.



Aqui a ideia é poupar-nos trabalho quando damos jantares ou organizamos eventos. A Sara e amiga têm várias tábuas (para todos os gostos, tamanhos e orçamentos) que vos entregam no dia e hora a combinar e com um aspecto incrível.

Se forem como eu, podem pedir uma tábua para uma, mas ficar o vosso almoço e jantar (o que é que foi? - não olhem assim para mim!).

Participem no passatempo que o prémio é mais do que generoso, vá! Até vos ponho o post aqui em baixo.




Beijinhos e boa sorte :)

Sigam-nos também no Instagram:
E nos nossos pessoais:
                                                          www.instagram.com/joanapaixaobras

quinta-feira, 17 de maio de 2018

Temos de gostar tanto de nós como deles.

Uma das maneiras mais claras de ver quando gostam de nós é pelo cuidado, pelo mimo, pela atenção. A forma como trato a pele da Irene (porque precisa de cuidados especiais por ter pele atópica) é também uma forma de a amar.

Agora, pensemos juntas, nós também merecemos estes cuidados e amor. Não só de quem nos ame, mas também de nós próprias. A forma como olhamos para eles e a atenção ao detalhe deveria ser a mesma connosco (até porque se estivermos mais felizes, vamos ser mães melhores, etc.). 

E por isso, por nós e por eles, La Roche-Posay e a Mãe é que sabe têm dois kits Lipikar para vos oferecer (cada um é constituído por 1 Lipikar Baume AP + 1 Syndet AP + 1 Stick Lipikar AP+). Fica um aqui para o Facebook e outro para o nosso instagram, por isso tentem a vossa sorte também :) 

Podem saber mais sobre o Stick Lipikar AP+ que ajuda a Irene a deixar de ter "pulgas" aqui ou então verem o vídeo que fiz aqui


Mais sobre a rotina de banho da Irene e sobre como isso me fez apaixonar ainda mais por ela aqui



Este é o creme que lhe ponho depois do banho e que uso para lhe fazer massagens (eles também merecem, até porque pode ser que cresçam e depois queiram fazer-nos hehehe).

Já chega de fotos lindonas tiradas aqui pela je depois de fingir que o enquadramento está todo natural e que tenho sempre a casa assim com os cremes nos sítios onde estão? Óptimo. 


Então vamos lá tratar deste regalito para vos ostras (ahah tem mais piada assim).

Têm que (sff, ahah): 

👉🏻 Seguir-nos, à Mãe é que Sabe, no Facebook (espero que já esteja), aqui.

👉🏻 Seguir La Roche-Posay no Facebook aqui.

👉🏻 Taggar três amigas (ou amigos ou conhecidos ou pessoas que até nem simpatizem muito, vá) no post de Facebook que está aqui em baixo (quando o passatempo estiver activo por volta das 20h).




👉🏻 Partilhar, publicamente, o post fe Facebook (o que está aqui em cima) no vosso perfil. Se não for publicamente, miúdas, é factor de descoiso.

👉🏻 Daqui a uma semana divulgaremos as vencedoras em comentário à participação no post do Facebook e a agência tratará do envio das coisas. 


Não se esqueçam que podem sempre tentar a vossa sorte no nosso instagram também. ;)

Força, boa sorte e caso os vossos filhos e vocês tenham peles "especiais", por favor conheam o Guia dos Pais que não só poderá ajudar no diagnóstico como nas recomendações ideais para cada caso. :) 


domingo, 29 de abril de 2018

Temos uma prenda para vocês... Vão se passar!

Não é por ser dia da Mãe em breve, não é por mais nenhum motivo que não... termos pensado em vocês!

Ok, não fomos nós sozinhas. 

Em conjunto com um dos meus centros comerciais preferidos (o Alegro de Alfragide) oferecer-vos 100€ em compras num cartão de oferta para gastarem nas Lojas Aderentes dos Centros Comerciais Alegro e Galerias Comerciais Immochan em Portugal.

O que têm de fazer?

Tudo explicado no nosso post de instagram, sigam-nos e ao @ccalegro para começar ;)



Uma publicação partilhada por a Mãe é que sabe (@amaeequesabe.pt) a


E, por acaso, tenho uma ligação emocional com este Centro Comercial, acreditam? Como foi aquele que passei a frequentar quando me juntei ao pai da Irene, foi lá que a Irene cresceu e também foi onde passei mais momentos com ela. É o nosso centro comercial e sempre foi muito prático para nós a vários níveis. 

Naqueles momentos em que dar maminha à Irene era terrível porque passamos pela crise dos três meses e tinha mesmo que dar de mamar num sítio calmo e relaxado (e têm espaços de amamentação), a quando ela começou a fazer o desfralde e tem sanitas pequeninas, aos escorregas e brincadeiras lá dentro e tanto nos safou de ficarmos sem planos à última por causa da chuva... 

Parece parvo, eu seu, mas gosto do Alegro (de Alfragide, mas já percebi que há outros que ainda não conheço), onde parece que o centro comercial tem personalidade e que cuida de nós, não vos sei explicar. 

Internem-me. Ahah

Nota: o Facebook decidiu mudar o seu algoritmo e a partir de agora vai mostrar-vos mais posts dos vossos amigos e menos de páginas onde fizeram like. Querem saber quando publicamos coisas?
👉 Aqui na página de Facebook da Mãe clicam onde diz “A Seguir” e seleccionam "Ver Primeiro"
Sigam-nos também no Instagram:

terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

a Mãe dá: mais convites para Patrulha Pata ao vivo!

Desta vez é na Figueira da Foz. Que boas memórias tenho da Figueira (sim, sou filha do Malato), mas eu tenho mesmo. Passei lá muitos verões de férias. A fazer as aulas de ginástica no paredão da praia do Relógio, a ir a pé desde "lá de cima" passando pelas Abadias até à praia. Os gelados na Cassata. As noites ali na feira a comer algodão doce e, mais recentemente, a jogar bowling nas 3 Chaminês, será? 

Acho que está provado que estou a falar a sério, pronto. Já posso descansar. 

Malta da Figueira da Foz, toca a aproveitar estes dois dias com cães que provavelmente terão sido as primeiras palavras em inglês correcto que os vossos filhos disseram. A Irene além de dizer bem ainda corrige os avós. É incrível. 



Vamos a isso, vamos ao Centro de Artes e Espectáculos da Figueira da Foz, entrar em acçãooooo! 

Temos agora 1 bilhete duplo para oferecer, mas sigam-nos no nosso instagram que também temos um bilhete duplo para vos dar em breve. 


Só têm que seguir a Mãe é que sabe no Facebook.

Seguir também a Lemon Live Entertainement

Partilhar este post (este do Facebook aqui em baixo) publicamente no vosso perfil e taggando três amigas.



Sigam-nos também no Instagram porque ainda esta semana vamos ter mais bilhetes para vos oferecer para a Figueira da Foz.

Nota: o Facebook decidiu mudar o seu algoritmo e a partir de agora vai mostrar-vos mais posts dos vossos amigos e menos de páginas onde fizeram like. Querem saber quando publicamos coisas?
👉 Aqui na página de Facebook da Mãe clicam onde diz “A Seguir” e seleccionam "Ver Primeiro"
Sigam-nos também no Instagram:

quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

O que querem dizer os desenhos deles?

É tentador interpretar os desenhos deles. Pelo menos para mim, além de ser tentador é extremamente interessante. Já quando era animadora de festas de aniversário para crianças, quando sugeria que todos desenhassem, ficava deliciada a observar o processo e também as mais variadas explicações que iam dando.  Era nessa actividade que conseguia conhecer os miúdos e era a parte que mais me entusiasmava - a parte de andar a ouvir berros de um lado para o outro e de evitar que se partissem todos não era o que mais me agradava. 

Além de ter uma amiga que teve alguma formação neste sentido e de já me ter sugerido algumas possíveis interpretações para desenhos da Irene - aconteceu naturalmente, não estive a submetê-los para diagnóstico, ahah - no outro dia, quando passei por uma livraria, encontrei um livro que me chamou a atenção:  "A Arte Descobre a Criança" por Eurico Gonçalves (tive de ir ver quem é, mas é um artista com uma carreira muito admirável, caramba, respect!).

Após leitura do primeiro capítulo, quis partilhar algumas dicas que ele nos dá para receber melhor a arte dos nossos filhos. 

1)  Não elogiar em demasia nem mostrar decepção ou tristeza. 

Ui. O que me farto de elogiar a Irene para tudo e mais alguma coisa. Já tinha lido sobre "os elogios" e como torná-los eficazes para ajudar a que se sinta mais segurança, mas confesso que me é difícil não reagir com espanto por estar mesmo espantada. Porém, faz sentido o que o autor diz. A criança é, neste contexto, um verdadeiro artista e "Se, por um lado, a criança sente tristeza perante a indiferença do adulto, por outro lado, acaba por se tornar insensível ao aplauso sistemático". 

2) A criança esquece-se do que desenhou. 

Não vale a pena (nem convém) perguntarmos-lhes o que desenharam e porquê (isto aquando das primeiras manifestações gráficas, quando são mais pequenos, claro). A melhor maneira de tentar perceber o que poderá estar a ser representado através de símbolos pelo pequeno artista será assistir ao processo, sem interferir. Observando e, muitas das vezes, ouvindo porque é habitual falarem durante o processo.

3) O tamanho dos objectos poderá representar maior relação/afectividade.

É frequente ou até expectável que nos primeiros desenhos não haja uma representação realista das pessoas, animais ou objectos. As crianças deixam transparecer ainda a perspectiva mais emocional da realidade. 

4) É normal que expresse muitas vezes o mesmo tema.

Não vale a pena tentar motivar o artista para outros temas. A criança representará o que estiver a ser trabalhado na sua mente e enquanto esse trabalho não estiver finalizado. "A expressão é motivada pelo que mais a impressiona" e "o tema da criança é ela própria", pelo que se desenhar uma piscina durante meses... é perceber que terá tido impacto nela e que está a "resolver". 

5) Cuidado com as perguntas.

Ui. Então eu que estou sempre numa de "dá valor ao que ela produz", tento envolver-me e certamente que sou guilty disto. Fazer as clássicas perguntas "Já pensaste no que vais pintar?", "O que pintaste? faz com que o fluxo normal, autêntico e catártico seja quebrado. Além do que, por ser tudo tão... "o que saiu" à criança, a resposta que ela nos dará será algo "do momento" em que perguntámos e por isso não tão cru como poderia ser o desenho, além de possivelmente parcialmente inibido por ter de traduzir para comunicação verbal e em confrontação directa.  É suposto ser uma actividade espontânea: "... nas actividades espontâneas, como a pintura livre, o tema não é dado, nem imposto (...). Esses limites condicionariam a própria liberdade de expressão, sendo esta faculdade que importa estimular e desenvolver". 

E aqui já entra algo que compreendo: dar espaço para que a criança desperte a sua criatividade. Sendo esta uma característica muito útil a muitos níveis, até a nível pessoal para saber enfrentar o dia-a-dia com outras soluções que vão além do imediato, expressando-se pessoalmente de forma que a faça mais feliz, etc. 

E foi também por isto que me me fez sentido falar da 2ª edição do Concurso de Desenho da Tosta Rica da Cuetara em que o vencedor vai ter o seu desenho nas bolachas a sério ! What? Eu acho que me passaria com isto se fosse miúda. Aliás, mesmo agora! Vai haver um júri que claro que terá em conta a idade da criança quando olhar para o desenho, por isso se ainda só tiverem pequenos girinos aí em casa, não se preocupem que caso haja já miúdos a darem-lhe forte, têm hipóteses. 

Mas, se não forem pessoas com muita fé nisto dos passatempos (eu não era quando participava nestas coisas), há prémios todos os dias. Também vão encontrar o melhor desenho do dia e, mesmo assim, já recebe o prémio espectacular que é ver o seu próprio desenho em bolachas. Uma lata de bolachas personalizado. Ahhhh!!! Quero participar! Não estou a gozar, só me vêm é palermices à cabeça hahah. Vá, seriedade.


https://2.bp.blogspot.com/-aLUyrHIsnoE/WnyeeZrPgjI/AAAAAAAAbjY/2qjtUY45dfEQrTXYa7qFitTO-01bjlsSgCLcBGAs/s640/IMG_0487.jpg


No final do concurso (acaba dia 31 de Março) vai haver uma compilação num caderno com muitos dos desenhos recebidos e que irão ser distribuídos em hospitais, no serviço de pediatria no Dia da Criança. Para além de tudo o que já vos tinha falado da importância do desenho e das crianças quererem ser levadas a sério, ainda há uma vertente solidária... oh!! Falar sobre estas coisas assim dá gosto.

Estive a experimentar participar no passatempo (Schh, não façam essa cara, não era para fingir que era a Madalena de 2 anos, era só para ver se era realmente fácil) e... é só irem (as crianças) ao site e usar o rato para desenhar numa bolacha o que quiserem, depois de um simples log in.

Por isso, toca a ir ao site ou então descarregar a app e fazer esses desenhos lindos.



A Irene agora está louca com a colecção da Ladybug da Tosta Rica da Cuetara (estou zangada com todas as mães que esgotaram esse disfarce de Carnaval porque era o que ela queria) e vai toda vaidosa de vez em quando com as Tosta Rica na lancheira. Passa o dia inteiro a fingir que é a Ladybug ou o Adrien e depois tem bolachas com os desenhos deles. Claro que se passa! É o equivalente a eu ter um par de ténis para estrear diariamente, para aí - tenho de traduzir o entusiasmo da minha filha para ténis para perceber melhor o que ela poderá sentir, ahah. Ah e vocês sabem o jeitaço que dá estarem divididas em saquinhos para não termos que andar a pô-las em tupperwares ou a embrulhar em celofanes e afins para irem no lanche deles.

Adorava saber que tinha sido algum dos vossos filhos a desenhar bolachas! Isso até deveria constar do currículo deles para sempre. :)



Nota: o Facebook decidiu mudar o seu algoritmo e a partir de agora vai mostrar-vos mais posts dos vossos amigos e menos de páginas onde fizeram like. Querem saber quando publicamos coisas?
👉 Aqui na página de Facebook da Mãe clicam onde diz “A Seguir” e seleccionam "Ver Primeiro"
Sigam-nos também no Instagram:

segunda-feira, 29 de janeiro de 2018

Quem quer ir ao espectáculo da Patrulha Pata?

Não preciso de vos explicar a intensidade da relação da maior parte dos miúdos hoje em dia por estes cães todos, pois não? Claro que não. A Irene além de às vezes fingir que é um deles e de eu, a brincar, já lhe ter posto uma tigela no chão porque ela queria comer comida como "os da Patrulha Pata", dormiu durante muito tempo com um Chase na cama. 




Sou bastante selectiva - gosto de pensar - com os desenhos que ela vê e não consigo encontrar nada de errado na Patrulha Pata. São todos amorosos, trabalham em equipa, ajudam outros animais/pessoas... 

Vai começar a Tour da Patrulha Pata por cá e a primeira data é 10 de Fevereiro (sábado) no Porto, no Coliseu. Querem ir? 

Temos dois bilhetes duplos para vos oferecer. 




Só têm que seguir a Mãe é que sabe no Facebook.

Seguir também a Lemon Live Entertainement

Partilhar este post (este do Facebook aqui em baixo) publicamente no vosso perfil e taggando três amigas.


Sigam-nos também no Instagram porque ainda esta semana vamos ter mais bilhetes para vos oferecer para o Porto.


Nota: o Facebook decidiu mudar o seu algoritmo e a partir de agora vai mostrar-vos mais posts dos vossos amigos e menos de páginas onde fizeram like. Querem saber quando publicamos coisas?
👉 Aqui na página de Facebook da Mãe clicam onde diz “A Seguir” e seleccionam "Ver Primeiro"
Sigam-nos também no Instagram:

quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

a Mãe dá - E quem tem filhos que precisem de óculos?

Temos dois pares de óculos para vos oferecer! Zunga, assim do nada, aquele orçamento que tinham pensado para os óculos da cria, podem descontar a armação. Já dá para uma prendinha para vocês neste Natal ou até prendona que comprei uns óculos recentemente e... credo!

Adoro ver crianças de óculos, Sei que não deve ser confortável para a criança (eu acabava sempre por perder ou partir os meus) e, por isso, se a Irene precisasse de óculos - que não precisa (ainda) - escolheria aqueles que ela mais gostasse, os que a fizessem sentir mais bonita e vaidosa. 

Destes dois, a Irene iria passar-se com os da direita, certamente e iam-lhe ficar muito bem também - eheh, modéstia de mãe de criança que ficticiamente precisaria de óculos, à parte. 


São giros? Eu gosto. E o melhor é que além de serem giros, esta colecão disponível em exclusivo nas óticas da Optivisão - a essiKIDS, nova marca do reconhecido fabricante mundial de lentes essilor - tem imensos modelos assim fora do normal para eles gostarem (e nós também). A Essilor já conhecem por ser a líder mundial de lentes oftálmicas e também considerada por ter as lentes de melhor qualidade (inquebráveis e com protecção azul para os equipamentos electrónicos), agora estas armações, além de serem ergonómicas e flexíveis, têm dobradiças com esferas e são muito confortáveis dada a leveza das hastes. 


Ficam tão queridos. Fui mudando de opinião com os tempos, adoro ver miúdos de óculos. Até me apetece participar no passatempo para ter uma armação só para ela brincar.

A mãe dá duas armações EssiKids! Temos as pretas e azuis e as azuis e rosa, vamos a isto? 

1 - Sigam a página da Optivisão no Facebook. 

2 - Sigam a conta da Optivisão no Instagram. 

3 - Comentar o post do Facebook com o nome de três amigos(as) e partilhar publicamente no vosso perfil de Facebook.


Dia 11 de Dezembro entraremos em contacto convosco por comentário no post e pedimos para que enviem os vossos dados para o nosso e-mail. Fiquem atentas às notificações. 

Beijinhos e boa sorte!



O meu instagram e o d'a Mãe é que sabe :)
a Mãe é que sabe Instagram

quinta-feira, 26 de outubro de 2017

E se o Natal fosse mais cedo?

Ahhh!! Sonho de qualquer criança. "Afinal não tens de esperar até Dezembro, porque... o Natal é já hoje". 

Quando era mais pequenina lembro-me de viver as festas de Natal da empresa e da escola como dias de Natal e é isto mesmo que é o Concerto de Natal do Ruca. Uma oportunidade de mergulhar no espírito natalício, vendo os olhos deles a brilharem por verem o bonequinho da televisão ali em cima do palco e, no fim, se calhar até abraçando-o.


É o equivalente a vermos o Jackson Avery em palco a dançar em tronco nu e, no final, podermos ir dar-lhe um abracinho com o corpo todo, digo eu. 

Fomos o ano passado e além das miúdas se terem divertido muito, é algo de que a Irene ainda fala. É sinal de que foi bom, como vocês sabem. 




Temos convites para vos oferecer para o Concerto de Natal do Ruca. :)

Aqui no blog: um duplo para Lisboa e um duplo para o Porto. 

Lisboa, 12 de Novembro  e Porto 26 de Novembro. 




O que têm de fazer? 


  • Seguir a Lemon no Facebook 
  • Comentar este post com a cidade onde queres ir ver o Concerto de Natal do Ruca + identificar três amigas. 


                       


Partilhar o post do Facebook publicamente no teu perfil

E depositar 100 euros na minha conta. ;)

Simples. 

Divulgarei os vencedores em resposta à participação no post. Easy ;) 


Mais informações sobre o espectáculo aqui