sábado, 22 de outubro de 2016

Tenho a certeza de que todas fazemos isto.

Não tenho nada. Mas apeteceu-me arriscar esta teoria, no fundo um bocadinho como os muitos estudos que por aí se vêem. No outro dia queixei-me do facto da Isabel andar com roupa de quem anda aos gambozinos, tudo curto, bom para atravessar as cheias. Então lá fui eu comprar o número acima. Só que acontece que fica tudo a boiar! E acham vocês que aqui a pessoa foi trocar? Na... vai de dar dobras, que assim dura mais tempo. Neste momento, é assim a roupa da Isabel: tudo curto ou tudo enorme. =) Aguente-se.










Sigam-me no instagram @JoanaPaixaoBras
e o @aMaeequesabe também ;)


Ah! E subscrevam o nosso canal do Youtube: aqui.

18 comentários:

  1. Deste lado há um bebé com 2 meses e sinceramente o drama é o mesmo... A roupa ou lhe está a ficar apertada ou lhe está a cair pela fralda!

    ResponderEliminar
  2. Por acaso não sou assim... Não gosto nada d ver a minha princesa com roupas grandes... Acho que a ideia que temos de que assim dura mais é um pouco errada. Eles usam a roupa tantas vezes que quando chega a altura em que serve como deve ser já está gasta e velha. Pelo menos é essa a ideia que eu tenho.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo.nao gosto nada de ver a boiar :) prefiro à medida :)

      Eliminar
  3. E quando é com o calçado? Hoje foi a aventura: tamanho 27 está bom mas daqui a 15 dias já aperta, tamanho 28 parece o Big Foot ou que roubou os sapatos ao mano mais velho...

    ResponderEliminar
  4. Joaninha aqui em casa tbm e sempre um numero acima...eles crescem num instante e depois deixa tudo de servir , assim da para mais um tempinho.
    Fica fofo de qualquer maneira o meu gui😊
    A isabel com ou sem dobrinhas esta sempre linda o raio da miuda pah que nao se aguenta tanta fofura 💗

    ResponderEliminar
  5. Só c a roupa de andar por casa, essa claro. De rua nem pensar. Sou um bocado paranóica com isso :P Escusado será dizer q tenho roupeiros e caixas cheios de roupa nova q ja n lhe serve. Mas... ela fica tao fofa que nem me importo. Com sorte virá uma maninha q lhes de uso. Como a Luisinha vai usar a roupinha da Isabel :P

    ResponderEliminar
  6. Infelizmente não. Sou uma stressada com as roupas do pimpolho. Detesto vê-lo com roupas grandes. Sou uma freak com isso.

    ResponderEliminar
  7. Culpada! Também acontece aqui..! Muitooo fofa a Isabel (e já agora, quem me dera poder deixar de trabalhar e viver da maternidade! :(

    ResponderEliminar
  8. 😂😂 antes grande que pequeno, já dizia a minha avó😉. Eles crescem demasiado rápido... Em dezembro já não faz dobras😊

    ResponderEliminar
  9. Yap, ca por casa igual. Aproveito as roupas maiores que ha tenho e ainda visto as curta desd q esteja confortável :)

    ResponderEliminar
  10. Comigo também aconteceu mesmo! Tive que ir comprar roupa mais quentinha para a minha filha e quando cheguei a casa e experimentei era tudo ENORMEEEEE.... portanto... dobras e mais dobras lol Mas não me preocupo, um dia irá servir!

    ResponderEliminar
  11. Por ca igual. Na mais velha botas novas a boiar mas sei que vai dar um pulo. So cai no erro de comprar o certo 1 vez (nem durou um mes). O mano ja vai no mesmo.

    ResponderEliminar
  12. Aqui por casa foi assim: tem 2 anos e 2 meses. Precisava de um kispo para a chuva. Achámos que não valia a pena comprar de 2 anos. Ora de 3 anos não havia. Solução? Vai mesmo o de 4 anos, de comprimento até está bom e dá se umas voltas a mais nas mangas :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. dica: kid to kid, arranjam-se kispos NOVOS, montes de variedades, por uma pechincha mesmo. Comprei o da minha lá da Zara por 12€. Novinho, sem qualquer marca de uso. :) A preços tão baratinhos nem custa comprar o tamanho certo. Noutras coisas ñ acho q justifique comprar lá roupa, mas nos casacos de inverno compensa imenso :)

      Eliminar
  13. Tenho três filhos e nunca comprei roupa do tamanha certo. Sempre o número acima. Camisolas com uma dobra e calças com duas. A roupa dá sempre para duas estações e ainda fica para os irmãos mais novos.

    ResponderEliminar