segunda-feira, 2 de outubro de 2017

Estou com rugas...e cabelos brancos...e...

Estou cheia de cabelos brancos. Não é algo que tenha que ver exclusivamente directamente com a idade porque já tive colegas na escola, no 11º ano que tinham cabelos brancos. 

Lembro-me da primeira vez que soube que tinha um cabelo branco. O Frederico (meu ex-marido) é mais alto que eu e, no Ikea, viu que tinha um. Apontou para ele a rir-se e eu acho que não evitei uma lagriminha ou outra. Não sei bem porquê.

Também me lembro da minha primeira ruga. Num cruzeiro (ganhei por sorteio interno). Tive tempo para me olhar para o espelho devagar e reparei que estava a "envelhecer" - tinha uns 23 anos.

Tenho uma amiga que está em pânico por já ter 30 anos, por trabalhar com pessoas muito mais velhas, ao ponto de estar a usar cremes anti-rugas e anti-envelhecimento... A minha mãe diz que já estou na idade de "cuidar de mim" e isso inclui também usar cremes "apropriados", nomeadamente estes anti-âge (acho que é assim). 

Sempre senti alguma resistência. Talvez porque não sinta - para já ou de momento - que a solução para esta "vaidade" e vontade de conservar a  juventude passe por cremes. Acho que tenho tentado combater isso com água e tentando ter algum controlo positivo na minha alimentação. Os cremes parecem-me uma solução "final de linha", já. Talvez seja também não ter dinheiro para esse tipo de coisas, também.

Uso cremes hidratantes, mas tenho tentado hidratar-me em vez disso, percebem?

Li isto neste fim-de-semana: "A revista Allure não utilizará mais o termo anti-envelhecimento". E foi isso que me fez pensar. 

É natural que nos assustemos com o envelhecimento. É visto como perda de faculdades, de beleza e de poder, de... mas será? 

Fotografia random da net.

Estamos a ser más para nós mesmas. Ainda não sei bem como vou lidar com tudo isto, mas esta notícia, para mim, foi food for thought. 

Como têm lidado vocês com o amadurecimento? :)


a Mãe é que sabe Instagram 

domingo, 1 de outubro de 2017

Estou a acenar com uma nota de 50 euros, quem quer?

Qual foi a última vez que alguém vos deu 50 euros para a mão e vos disse "vá, vai lá e compra qualquer coisa para ti!"? Ahh, como era bom receber dinheiro sem ter que trabalhar horas a fio por ele e podermos gastá-lo sem pensar que "devia antes estar a poupar ou a comprar águas". Isso acabou-se para sempre. Mais ou menos.

Nós temos "50 euros para irem comprar qualquer coisa" ali ao Jumbo. Aproveito e recomendo não só a secção da roupa para as crianças (e bebés) como também os produtos Bio da marca Auchan. Extremamente satisfeita com ambas as frentes. Com 50 euros, literalmente "já fazem a festa". 

Ainda hoje fui lá e descobri uns sumos bio do Rik e Rok para ela levar para a escola, fiquei feliz por também nos sumos de fruta haver opções que preenchem os meus requisitos e a minha carteirinhazinha​, aliás, é o que a Irene leva para o lanche da escola quase que diariamente (a lancheira querida do gatinho também comprei no Jumbo). 

Aquele sono matinal que nos impede de mostrar a cara na fotografia. 

Aquela filha linda que anda à Charlot como a mãezinha.

Passei pela secção de bebé e também me arrependi de não ter tido em conta o Jumbo como uma das primeiras opções para comprar roupa para a Irene quando era mais pequenina. Serve perfeitamente e a maioria das coisas é adorável. Em vez de ter andado por várias lojas à procura "daquilo", lá há (pelo menos ao que eu vou - Alfragide) tudo o que é preciso/que queremos comprar para eles nos corredores mais próximos: desde cadeiras para os automóveis, banheiras, babetes, papas 100% naturais, bodies baratos, pantufas... You name it! 

O que têm de fazer pelos 50 euros (inserir aqui riso maléfico: MUAHAHAHHA)? 

Tratarem isto como se fosse época de saldos e esgatanharem-se todas porque querem ao mesmo :) Toca a comentar este post aqui em baixo (do Facebook) taggando três amigas e partilhando o mesmo publicamente no perfil. 


Isto é o equivalente na internet a dizer "só tens de virar ali à esquerda e perguntar pelo Zé". Easy. 

Lembro-me quando tinha de fazer 8 horas em festas de aniversário para crianças para fazer esse valor.

Bem melhor assim! 

Têm aqui um regulamento catita para lerem e tudo :)

#Jumboconsigo



a Mãe é que sabe Instagram