Mostrar mensagens com a etiqueta correr. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta correr. Mostrar todas as mensagens

domingo, 2 de abril de 2017

Um desafio para vocês e para as vossas 'migas forever'!

Vá, de vez em quando já começa a estar bom tempo e nada como ali uns minutos só para descarregar pressões, para nos lembrarmos que o nosso corpo ainda existe, para respirarmos ar puro (dentro do possível), levarmos com vitamina D na fronha e até um convívio mais saudável com os amigos do que estarmos a emborcar pastelaria. 

Tenho #OmelhorPTdoMundo como meu PT e também como meu amigo, porque sou uma pessoa extremamente impecável e é difícil para as pessoas não me quererem ter na sua vida. O que hei de dizer? Sou impecável.

Combinei com o rapaz e com a Joana Bandeira do The Love Project no Monsanto às 9h (é sempre um convite esquisito para se fazer quando não se levam crianças) e lá estavam os dois. Aqui a faneca toda equipada, a outra Joana também e o menino que me treina e meu amigalhaço também. Podia só ter tido "todos equipados" e ficava a frase despachada, mas apeteceu-me. 


A ideia aqui não é tornarem-se doentes por fitness, apesar de ser bem engraçado. O Diogo é e parece-me ser bastante feliz e equilibrado (além de ter um ar muito saudável), desafio-vos é a começarem a mudar o vosso mindset e em vez de terem convívios passivos, que tal começarmos a combinar coisas mais activas com as nossas amigas? Dá perfeitamente para mandar uns bitaites enquanto corremos (se tivermos um bom soutien de desporto, giggity). 


Aqui o truque é fazer como fazem os jogadores de futebol. Levem o vosso tempo a aprender o padrão do movimento e fazemos menos figuras de totós se conseguirmos ter os braços a alternar com as pernas, como nós na fotografia. Eu estava parada para a foto porque o meu cérebro tem os seus nós.


Se encontrarem um murozinho simpático de onde, se caírem, não partam um craneo ou dois também podem fazer estes agachamentos simpáticos, que têm de ser feitos de forma correcta, como já vos expliquei aqui.


Eu achava que tinha a perna perfeitamente alinhada com o tronco. O meu. Há de haver um tronco qualquer no Monsanto alinhado com aquela perna, sim. Isto já daria para eu sentir que tinha ganho uma discussão.


A ideia é fazer-se para um lado e depois mudar para o outro e trocar as pernas. Custa!

Por causa destas fotografias e de outras que tive de fazer a depilação à parva de manhã com a Gilette.


Claro que não ando com as costas assim no dia-a-dia, mas preferi isso a parecer um ç.

Coisinhas que possam ter achado giras: 



O meu equipamento - Puma

Fotógrafa - The Love Project

Outras leituras: 




...............

Sigam-nos no instagram aqui 
a mim também aqui e à outra Joana aqui.
O nosso canal de youtube é este.

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

Ouvi ontem o melhor "piropo" de sempre!

Ontem fui correr, um ano e meio depois. Não que dantes corresse regularmente, muito menos que treinasse para maratonas, pelo contrário. Nunca fui muito fã de correr, mas a verdade é que andava com vontade de fazê-lo há uns quatro meses. O meu corpo andava a pedir-me! (incrível...) Ora, ontem consegui que o meu pai ficasse meia hora com as miúdas, às 18h30, e lá fui eu aldeia fora. 

Nos primeiros 5 minutos, comecei a sentir o ar frio a gelar-me a garganta e desejei pisar cocó para ter uma desculpa qualquer para voltar a casa. Quis que o meu pai telefonasse a dizer que estavam descontroladas, que o jantar tinha queimado, sei lá (levei o telemóvel num daqueles kits que se põem no braço).

Aos 10 minutos, começou a saber-me bem. Vi as casas, ouvi os cães a ladrar à minha passagem, os vizinhos curiosos, senti o cheiro das plantas e senti-me feliz (como é possível?). 

Aos 15 minutos pensei que afinal se calhar até aguentava 30 minutos a correr porque, apesar de já estar cansada, sentia-me bem. Mas lembrei-me que àquela hora - a hora da crise lá em casa - era melhor voltar, porque ainda tinha banho por tomar. 

Decidi fazer 20 minutos e "já está bom". Passei a terceira vez na mesma rua, onde continuava uma velhota na penumbra, à espera de me ver passar, que me diz tão somente isto, com um sorriso enorme: "PERNOCA MAIS BOA! DEUS AS CONSERVE!". 

E senti-me um maratonista naqueles últimos metros a precisar daquele forcing das pessoas da assistência. Só que com mais pêlos nas pernas.


Claro que estas não me pertencem. Deus as conserve...

.................
.................
Sigam-nos no instagram aqui 
a mim também aqui e à outra Joana aqui.
O nosso canal de youtube é este.