4.24.2019

Sou viciada em ter filhos!

Acho que sou viciada em ter filhos. 

Pode parecer incoerente vindo de alguém que só tem duas, mas sabem lá o que eu peno por ter uma cabeça e um corpo que me "pedem" mais. 

É uma luta interior entre um "nem pensar, agora não" com uma vontade assolapada por mais um bebé na família. É uma luta interior entre um "era já que tudo se faz" e um "quero ter mais tempo agora que elas estão a ficar cada vez mais independentes e podemos aproveitar tudo melhor e com mais calma". 

Três é a conta que Deus fez mas Deus não contou com o carro, que tem de ser diferente, com mais uma escola, com as férias que saem mais caras ou com a loucura em que as nossas vidas se tornariam com três. 

Estas confrontações só são boas porque me fazem analisar o que a nossa vida tem de bom, valorizar cada coisinha e deixar-me de projectar coisas. 

Mas digo-vos já que é uma sensação muito estranha de que ainda não estou completa, e, por outro lado, a sensação de que nem mais um bebé iria trazer-me isso. 

Adoro ser mãe e gostava de ser mãe de mais uma pessoa. De aumentar a família e de aprendermos todos uns com os outros lições fantásticas, construir relações para a vida e de rir com mais e mais disparates. Sou muito visual e imagino as conversas à mesa, as viagens de carro, a cama cheia de gente de manhã, os abraços que não acabariam nunca, a paixão assolapada por mais uma pessoa, o crescimento pessoal de todos por contar com mais uma personalidade, mais uma forma de ver o mundo. 



Somos uma família de quatro e somos felizes, sabem? Se por um lado não vejo forma de isto melhorar muito mais, por outro tenho aqui umas hormonas malucas a quererem procriar e trazer ao mundo mais amor. 

É vício? Se calhar é.



13 comentários:

  1. Como percebo..... tenho duas, gemeas, com 7 anos, sinto tanta falta de eatar grávida. Adorei a minha gravidez! Sempre dissemos que queriamos três, a carteira não pernite, mas gostava tanto... e o pior, as meninas não querem... não querem ter que dividir a atenção com outro... :(

    ResponderEliminar
  2. Os meus filhos mais velhos fazem 2 anos de diferença. Durante alguns anos achei que a família estava completa assim, mas depois senti esse mesmo bichinho interior. Ponderámos durante algum tempo entre o manter o que estava tão bom ou embarcar nesta nova aventura. As dúvidas interiores são todas válidas e fazem muito sentido. Mas decidimos ter mais 1.
    Quando o terceiro nasceu os irmãos tinham 8 e 6 anos. Recomeçámos outra vez. Não é fácil e a teoria de "tudo se cria" não é bem assim, mas tenho a certeza que foi a melhor decisão que tomei.

    ResponderEliminar
  3. Tenho 3 e saudades de estar grávida. 💙 não é vício e amor.😘😘

    ResponderEliminar
  4. Pronto pronto...deve vir aí noticia de gravidez!

    ResponderEliminar
  5. como compreendo... mãe de gémeas (2anos) e com uma enteada já crescida (19anos), mas se fosse pensar só na vontade e no desejo de ser mãe novamente... era já hoje... mas já somos uma familia de 5... o lado prático complica tudo... :)

    ResponderEliminar
  6. 3 meses do mais novo. O terceiro rapaz. E 3 meses a andarmos em carros separados porque este foi um “acidente” e os outros têm 2 e 3 anos e o carro que dá para todos só chega em julho. E isto é a loucura diariamente cá em casa. O meu marido passa os dias de mãos na cabeça e eu só penso num quarto filho :D adoro estar grávida, adoro parir pois significa que vou ter o meu bebé nos braços. Mas já estou como tu, é vício, não creio que passe com a vinda de outro.

    ResponderEliminar
  7. Dizes isso, mas ao mesmo tempo fazes um post em que te mostras aliviada por elas acabarem as férias e voltarem à escola. Tenho várias colegas que dizem isso e nunca percebi, agora que sou mae ainda menos percebo. Nunca nenhum momento no trabalho e passado com desconhecidos será melhor que o tempo com a minha filha e em família. Se já ficas "farta" das tuas quando passas 2 semanas de férias com elas, para que queres ter mais uma?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quando passei de um para dois fiquei a perceber.

      Eliminar
  8. Tem muito tempo para isso, deixe a Terra rodar. O que tiver de ser, será.

    ResponderEliminar
  9. Vale muito a pena ter o terceiro!!!
    Com três é tudo muito mais descomplicado!
    Catarina Soares (mãe de três!)

    ResponderEliminar
  10. Por aqui somos uma família de 5, 3 filhos, uma conta mágica! Mas continuo a sentir que me falta 1...mas mesmo que o tenha, acho que vou continuar a sentir o mesmo �� Dificuldades...a que me lembro é mesmo arranjar quarto de hotel para os 5 ��! Beijinhoa

    ResponderEliminar
  11. Como te compreendo... Sinto Exatamente o mesmo e estou na mesma situacao... Vi no fim de semana o filme "à dúzia é mais barato" e só consigo imaginar uma família grande... ��

    ResponderEliminar
  12. Joana percebo perfeitamente e penso nisso quase todos os dias! Hormonas malucas!

    ResponderEliminar