7.15.2019

Vou voltar a fazer terapia!

Das decisões mais importantes que tomei nos últimos tempos! Ainda não voltei à psicóloga e já sinto que foi a melhor coisa que decidi neste ano e meio. O alívio já está a chegar e ainda nem lá fui, só por saber que vou conseguir, a partir dali, estar cada vez mais próxima de mim e de resolver tudo o que anda desatado nesta alma, que vou conseguir ser uma melhor mãe e uma melhor pessoa (não por esta ordem, que disparate).

Descobri a Eugénia através da Joana Gama (emoji coração, sempre). Fiz hipnoterapia uma vez só. Não sei se foi o que bastou, não me parece, mas acabei por mudar de vida uns meses depois. Despedi-me do meu emprego de anos e fomos todos viver para Santarém, para o campo. Foi uma das melhores coisas que poderia ter feito. Tive a minha segunda filha com calma, numa esfera de amor e de tranquilidade. 
Mas, meses mais tarde (ou um ano mais tarde, não sei), passei a sentir-me incompleta e até só. Não compreendia por que me sentia assim. "Que disparate." Afinal, tinha cumprido mais um sonho, tinha duas filhas incríveis, era boa mãe, amava-as profundamente, tinha um marido fantástico, escrevia por aqui, tinha amigos mas... não estava feliz. Não como planeara. Andava numa montanha russa, com idas bem lá acima e depois descidas ainda maiores e a enjoar nos loopings. Percebi que precisava de voltar a fazer terapia. Primeiro por skype, depois presencialmente. Ir a Lisboa de propósito, mas voltar a casa com ferramentas para estar melhor.

"Eugénia, preciso de ti". Assumir-se isto é duro. Mas libertador. Houve uma consulta em que senti que praticamente não fiz mais do que chorar. É um processo. 


Fotografia: The Love Project


E aprendi que não posso parar este processo, só porque já me sinto melhor. Ou porque acho que está tudo controlado. Ou porque estou mesmo lá em cima. Naquela altura parei porque voltei a trabalhar, em Lisboa, porque nos mudámos para cá e eu simplesmente não tinha horário. Depois, porque estava tão cheia de tudo que nem me conseguia ouvir, por isso basicamente nem tinha tempo para sentir se andava feliz ou não.

Feliz ou não, toda a gente devia fazer terapia. Toda. Há sempre algo que fica por cá, há sempre alguma relação tóxica, algum acontecimento que nos fez pior do que achámos, alguma coisa por resolver e muitas coisas por descobrir sobre nós. E alguém reconhecer isto já não é, aos dias de hoje, um tabu. Os assuntos do foro psicológico, doenças ou não, são já muito valorizados. A procura por ajuda já não é sinal de fraqueza. Ter até a Michelle Obama a reconhecer isto é de valor. Mas, por mais que haja cada vez mais pessoas a dar a cara por isto, ainda há muito pouca gente a procurar ajuda quando mais precisa - e, segundo vários estudos feitos, muitas vezes não é sequer por uma questão de orçamento. 

Aliás, se a venda de antidepressivos aumentou e muito nos últimos anos e os psiquiatras têm sido mais procurados do que nunca, a questão não é só e apenas orçamento, de facto. As pessoas só procuram soluções já mesmo no fim da linha, num grau imenso de desespero e querem resultados rápidos, imediatos. A terapia é algo que leva mais tempo. Não camufla, tenta ir ao cerne dos problemas, tenta resolver. Claro que estou a ser absolutamente generalista e que haverá casos em que será precisa medicação, óbvio, ou até ambos, que isto não é nenhum concurso. Mas acho também que se nos fosse dada mais formação ao longo da vida sobre a importância de olharmos mais para dentro, de abrandarmos, de valorizarmos os nossos sentimentos, do poder da palavra, talvez não tivéssemos de chegar tão longe. Aprendermos a dar significado às coisas, a racionalizá-las, ajuda-nos a superar o sofrimento - a amígdala diminui a sua actividade e os processos nervosos no córtex pré-frontal aumentam (acho que é isto, do que li, mas tentem perceber junto de especialistas ;). 

Isto tudo para vos dizer que estou orgulhosa de mim. De querer (voltar a) dar este passo. De perceber que só exercício físico e pilates e até yoga, apesar de me ajudarem muito, não me chegam. Que tenho noção de que preciso de partir pedra, até para resolver o que vos contei que me aconteceu no recobro, entre outras coisas.

E que isto não significa que eu esteja necessariamente infeliz, mas que quero estar mais feliz e sentir-me cada vez mais completa. Ser mais livre. 

E vocês? Já experimentaram? 


13 comentários:

  1. Obrigada Joana por este post tão sábio. Acredito que nem toda a gente consiga fazer terapia pelos custos que isso acarreta, mas se calhar também há outras pessoas que poderiam fazer uma melhor gestão e dar prioridade a algo tão importante para tudo o resto: saúde mental. Às vezes é um investimento para depois conseguirmos parar de minar tudo à nossa volta e a passar a acreditar mais em nós: imagine-se que depois até se consegue ser mais produtivo, ter até uma ideia de negócio, e mais importante que tudo isso, ser-se mais feliz na nossa essência. Parabéns por tudo o que escreveu e pela decisão que tomou.

    ResponderEliminar
  2. Que post bom! Eu sou terapeuta, e como uma terapeuta que se preze, faço terapia. Quem trata dos outros, tem que se tratar primeiramente a si. Aconselho a toda a gente, que como disseste, todos nós ja passamos por algum momento menos bom, que por vezes, podemos achar que está sanado e nem estar, estando a minar outras coisas, sentimentos, relações, que nem damos conta.
    É realmente um acto de coragem e sobretudo de amor próprio procurar ajuda, para crescer, e ser melhor pessoa.
    Não tenham medo! Força!

    ResponderEliminar
  3. Pode dar-me o contacto dessa terapeuta?

    ResponderEliminar
  4. Ainda hoje comecei mal a minha manhã, estava de rastos, os miúdos tiveram uma noite péssima e aqui a mãe que se aguente à bomboca ( têm 2 e 3 anos), aliás, ando exausta, e claro quem levou com o meu humor matinal foi o meu marido, entretanto ele vira-se e diz “ já pensaste que se calhar precisas de ajuda? Não andas bem , até tenho “medo” das tuas explosões “ e eu finalmente disse :” sim secalhar preciso de procurar ajuda, nem que seja só para chorar” ... só o facto de ter “admitido” isto ao meu marido já me sinto ligeiramente mais leve! Há dias em que já não consigo ouvir os miúdos a chamarem por mim, parece q a cabeça vai explodir a qualquer momento! Mas sim, penso que uma terapia ou um psicólogo me ajudem, porque sinceramente acho q isto tudo é só cansaço e às vezes sinto-me muito sozinha, maior parte dos fins de dia quando os vou buscar à escola parece que vivemos só os 3, mas não, existe um pai, só que trabalha de mais!
    Obrigada pelas vossas partilhas e abertura para falar de alguns assuntos que infelizmente ainda são um bocado tabu!!
    #amãeéquesabe# sem dúvida 😘

    ResponderEliminar
  5. Ainda bem que vivem em Portugal.Eu decidi procurar um psicologo para mim e também para a minha filha,e ao ter esse acto de coragem e depois de ter contado toda a minha história de vida,o resultado não podia ter sido o pior!Querem que coloque a minha filha de 8 anos num internato..isso a bem!Se não o fizer com consentimemto corro o risco de perder a minha filha :'((
    Alguém me consegue explicar como procurar um psicologo pode trazer-me o pior pesadelo de uma mãe??
    Pensei que ao dar o passo de procurar um profissional me pudesse ajudar a encontrar aa respostas ao comportamento da minha filha,e também melhorar a forma como lidar com ela.Aprendi que não devemos contar a terceiros os nossos medos ou problemas,porque é a nossa fraqueza e vão acabar por usar isso contra nós..
    Beijinhos e espero que tenham mais sorte que eu 😔

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Credo, em que país vive? Venha para cá, tente recompor a sua vida aqui nas suas origens. Nada sabe melhor que a nossa casa

      Eliminar
  6. Boa Noite. Adorei o seu testemunho. Poderia dizer me o nome dessa terapeuta sff.
    Obrigada e tudo de bom

    ResponderEliminar
  7. Olá boa tarde, poderia me dizer por favor o nome e o contacto da terapeuta. Muito obrigada pela ajuda

    ResponderEliminar
  8. Joana, parabéns pela coragem e humildade! A terapia é de facto muito importante e como tu, também acho que TODA A GENTE devia fazer. É pena que, embora a coisa esteja encaminhada, haja ainda muito boa gente a arrumar as pessoas que fazem terapia na gaveta dos fracos e oprimidos, quando na verdade, é precisamente o oposto! Há uma força de carácter do caraças em pedir-se ajuda, é o reconhecer da nossa pequenez no mundo e de que só temos esta vida e temos o dever de fazer dela o melhor e mais feliz possível.
    Por mais testemunhos assim, por mais pedidos de ajuda, por mais respeito e amor-próprio!

    ResponderEliminar
  9. Quero aproveitar esta oportunidade para agradecer a um lançador de feitiços chamado Dr. Ajayi, porque ele ajudou a restaurar a paz em meu casamento desfeito, eu o conheço através de um amigo que ele ajudou com números da sorte a ganhar muito na loteria. Eu não quero entrar em detalhes, mas o que eu gostaria que você soubesse é que o Dr. Ajayi é um verdadeiro homem espiritual, porque eu procurei ajuda de diferentes fontes, mas nada aconteceu até meu amigo me apresentar a ele, entrei em contato com ele sobre minha casamento desfeito e explicou tudo a ele, ele me disse o que precisava ser feito e que hoje eu sou um homem feliz em meu casamento, minha esposa chegou em casa e disse que não queria mais um divórcio e, graças ao Dr. Ajayi, ela é grávida de um menino e minhas estátuas financeiras melhoraram. Se você precisar de algum tipo de ajuda sobre o que está incomodando, entre em contato com o Dr. Ajayi, o grande feiticeiro, pelo e-mail: drajayi1990@gmail.com ou Whatsapp: +2347084887094, ele tem 100% de garantia. você também pode entrar em contato para o seguinte feitiço.

    * Feitiço de casamento
    * Feitiço Promoção do Trabalho
    * números da sorte para loteria
    * Caneta mágica para exames
    * Feitiço de roupas à prova de bala
    * Ganhe qualquer processo judicial
    * Feitiço de proteção
    * feitiço de prosperidade
     etc ....

    Não seja tímido, entre em contato com ele e resolva seus problemas nos dias seguintes à intervenção espiritual.
    E-mail: drajayi1990@gmail.com
    Whatsit: +234708488709

    ResponderEliminar

  10. Fico feliz em compartilhar meu testemunho aqui hoje com o mundo. Nunca me imagino fazendo isso, mas estou cheio de alegria e quero que os outros tenham sua ajuda. Sou secretária de profissão, tenho dois filhos com um marido. Meu marido abandonou a mim e aos nossos filhos sem nenhuma explicação. Ele acabou de sair de casa e a próxima coisa que ouvi foi que ele estava vendo outra mulher. Tentei todos os meios possíveis para levá-lo de volta para casa, mas ele agiu estranhamente em relação a mim e até negligenciou as crianças. Fiquei frustrado e arrasado, procurei ajuda de diferentes ângulos até ver um post sobre o Dr. Ajayi, um lançador de feitiços. Entrei em contato com um lançador de feitiços, que me disse o que fazer. Ele me garantiu que lançaria um feitiço e tudo ficará bem em três dias, mas fiquei cético, pensei um pouco antes de finalmente entrar em contato com ele novamente, passamos pelo processo juntos e, para minha surpresa, o feitiço funcionou e meu marido voltou para casa e se ajoelhou para pedir perdão, mas a primeira foi uma ligação surpresa dele, porque não conversamos há seis meses. O Dr. Ajayi é realmente um homem de suas palavras, se você estiver tendo problemas em seu relacionamento ou qualquer aspecto de sua vida, entre em contato com o lançador de feitiços, Dr. Ajayi, para uma solução duradoura.

    E-mail: drajayi1990@gmail.com
    Número do Viber ou WhatsApp: +2347084887094

    ResponderEliminar

  11. Eu nunca soube que vou escrever esse testemunho algum dia, mas meu coração está tão cheio de alegria que decidi compartilhá-lo. Sou advogado e moro em Vilnius e tenho 30 anos. Eu namoro meu namorado desde que eu tinha 20 anos, nosso relacionamento sempre foi maravilhoso. Meus pais realmente gostaram dele e continuam esperando que nos casemos um dia, porque o relacionamento faz tanto tempo. Recentemente, comecei a observar que, sempre que abordar a questão do casamento, ele simplesmente se anima e diz que não está pronto, apesar do fato de estarmos juntos há dez anos, meu namorado tinha um emprego muito bom, então o dinheiro não era ' o problema e ele tinha 35 anos. Quando eu pergunto por que ele não quer se casar, ele continua dizendo que não está pronto para isso agora, que se eu encontrar alguém que esteja pronto, eu devo me casar com ele, suas palavras realmente me quebraram, eu fiquei em lágrimas por dias em casa. Então, um dia, me deparei com o Dr. Ajayi, e contei meu problema a ele, ele me disse que alguém amaldiçoou meu namorado a não se casar comigo. O Dr. Ajayi me disse o que eu faria, ele disse que faria alguns feitiços e depois de alguns dias ficarei surpreso. Eu fiz todas as coisas necessárias que ele me pediu para fazer. Poucos dias depois, para minha maior surpresa, meu namorado me pediu em uma festa surpresa. No dia seguinte, fizemos um casamento no tribunal com apenas nossos pais e amigos presentes, eu estava tão cheio de lágrimas e meu coração estava tão alegre. Graças ao Dr. Ajayi. Eu recomendo o Dr. Ajayi para você para qualquer tipo de feitiço que desejar, entre em contato com o número dele no Viber ou no WhatsApp: +2347084887094 ou no e-mail: drajayi1990@gmail.com

    ResponderEliminar
  12. Como consegui salvar meu casamento. Sou casado e tenho 35 anos e sou de Bruxelas. Sou casado há 8 anos com meu marido Kennedy, temos 2 filhos. Meu casamento com meu marido sempre foi incrível até que um terceiro entrou do nada. Tudo começou quando comecei a observar a proximidade entre Kennedy e sua chamada secretária. Eu até me aproximei dele em relação à secretária e ele diz que são apenas amigos. Eu sabia que tudo isso era mentira no dia em que vi algumas mensagens de amor em seu telefone pela secretária, eu o confrontei, imediatamente ele se perguntou, me perguntando o que eu tinha de temperar com o telefone dele, eu disse a ele que iria denunciar ele e a secretária do gerente da empresa, imediatamente ele pulou em mim ao ouvir isso e começou a me bater, nossos filhos começaram a chorar. Apesar de sua atitude, eu ainda estava com ele, às vezes ele parava em casa, na medida em que até saía de casa e começava a sair com a secretária, ele me abandonou com nossos filhos. Eu estava chorando, não tinha com quem correr, porque tudo o que eu queria era que meu marido voltasse para casa, até me encontrar com o Dr. Ajayi, ele me disse que a causa dos meus problemas era que um feitiço ruim foi lançado sobre ele. não eram seus olhos claros. Ele me disse que iria lançar alguns feitiços e meu marido voltará para mim e me disse o que eu faria. Tenho orgulho de dizer que não fazia sete dias que meu marido voltou para casa implorando e tão sóbrio que minha família está de volta. Tudo graças ao Dr. Ajayi, você pode contatá-lo através do seu número Viber ou WhatsApp: +2347084887094 ou E-mail: drajayi1990@gmail.com

    ResponderEliminar