Mostrar mensagens com a etiqueta a mãe é que sabe ajudar. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta a mãe é que sabe ajudar. Mostrar todas as mensagens

7.21.2019

A sentir-me a Oprah!!!

Estou doida com isto. A irmã da vencedora do nosso “A Mãe é que sabe ajudar” já tem instaladas, na sua cozinha, a placa de indução e a máquina de lavar roupa da AEG que lhes oferecemos! Senti-me automaticamente a Oprah, com menos uns mil zeros na conta, mas com uma sensação quentinha no peito por termos ajudado alguém com dois electrodomésticos fantásticos, que lhe vão facilitar a vidinha. Obrigada AEG por se terem associado a nós nesta missão!

Então... a Joana Gama já foi a casa da irmã da Paula, que tem uma filhota de um aninho, ver se estava tudo instalado em condições (ela é especialista em muita coisa) e se a Lúcia estava contente. Estava muito!

Se há coisa boa neste movimento que quisemos criar, de entreajuda, é sentir que as mães estão de olho nas outras mães, que estamos mais unidas do que nunca e que estamos lá para o que precisarem. Uma sopa. Um tempo com o bebé para tomarem banho de porta fechada (Spa!). E, neste caso, uma placa toda XPTO e uma máquina de lavar roupa.

Ora bem, vamos por partes:

A Placa de Indução AEG Maxisense com Função Ponte que, só por curiosidade - é a que esta na casa da Cristina (sim, sim a Tininha, a Cristina Ferreira, a Senhora Televisão). É uma placa incrível, tem a tecnologia culinária mais avançada para gerar calor de forma mais eficiente e este modelo tem duas particularidades - vejam-me isto (!!!):


  •  ajusta-se ao tamanho e forma dos tachos e panelas, ou seja, a placa ajusta a dimensão de aquecimento de acordo com a panela
  •  tem uma “função Ponte”, que mais não é a que a opção de converter duas zonas de aquecimento numa só, maior, que dá para um grelhador ou para recipientes maiores!
E tem ainda outras vantagens:
- Aquece mais rápido do que qualquer outro tipo de placa
- O calor é gerado diretamente na base do recipiente
- O resto da superfície da placa permanece fria ao toque, sendo mais seguro
- São muito fáceis de usar e manter – podemos limpar imediatamente um derrame acidental na sua superfície (eu sou óptima nisto do entornanço) - basta usar um simples pano húmido e fica sempre impecável.




Já a máquina de lavar roupa da série 7000 AEG com a tecnologia ProSteam usa vapor no final dos ciclos para reduzir os vincos. Todas queremos isto, certo? Passar menos a ferro, please! O sonho de qualquer mãe!

Além das peças ficarem mais suaves também elimina odores, como os das roupas da estação anterior [já mudaram os armários, com este julho-outono? Eu ainda não...]


Já conheciam estes electrodomésticos? Quem sabe não são vocês as selecionadas para o próximo A Mãe é que Sabe Ajudar! De que electrodoméstico mais precisam?

6.16.2019

Era mesmo isto que faltava!

Quem nos segue há quatro anos e tal, já acompanhou várias fases das nossas vidas: já trabalhámos em áreas diferentes, já nos despedimos, já ficámos em casa com elas, já houve um divórcio, um casamento, mais uma gravidez, uma bebé a nascer e a crescer (já tem 3 anos!!!)... Foram muitas partilhas boas, algumas más, dolorosas, mas em todas elas sentimos uma necessidade enorme de desabafar, de nos unirmos, de entreajuda. Virtual. Agora quisemos tornar tudo mais palpável.

Apresentámos-vos o nosso novo projecto: A Mãe É Que Sabe AJUDAR, que está a ser um sucesso. Ajudar outras mães como nós só traz coisas boas. Queremos replicar isto mais e mais! Ir ao Norte, ao Sul, levar-vos boa disposição, produtos para o dia-a-dia e que sejam menos um peso no orçamento familiar e a nossa vontade de vos ajudar no que precisarem: é passar a roupa a ferro? Que seja! Passear o cão? Ficar com os vossos filhos para irem tomar um banho mais demorado? Estamos aqui.

Uma das marcas a embarcar connosco para dar uma ajudinha à mãe vencedora foi a L'Oréal. Levámos produtos para o banho, a nova gama da Garnier BIO que é incrível (já experimentaram a esponja de Konjac?), cremes, máscaras, protectores solares da Garnier Ambre Solaire e, claro, maquilhagem completa da Maybelline, tudo o que a Paula iria precisar para se sentir mais confiante e bonita nesta fase em que ter um bebé de seis meses nos braços nem sempre é fácil! Nada mesmo! A Paula adorou tudinho e ainda teve direito a uma explicação mais detalhada da Joana Gama, que eu sou um zero à esquerda em maquilhagem.

Vejam aqui a segunda parte da nossa ida até casa da Paula, onde não partimos nem um prato... (emoji vergonha) e vejam a quem coube a tarefa de limpar a sanita :)




Gostaram? Querem mais edições? Se fossemos a vossa casa, o que mais precisavam que fizéssemos e que levássemos? :)

6.10.2019

Uma das maiores ajudas para cuidar de um bebé.

Foi a primeira coisa de que nos lembrámos quando decidimos que queríamos ir levar ajuda até casa das nossas leitoras: não só força de braços para o que fosse preciso, mas levar também coisas que pudessem fazer a diferença na lista de compras do mês e, neste caso, do ano! A verdade é que Corine de Farme foi a primeira marca que pronunciámos as duas, quase em unissono, e a primeira a embarcar connosco neste A Mãe É Que Sabe Ajudar. 

É a marca dos banhos da Luísa desde o primeiro dia. Significa refegos, carinho, cuidado. Três anos se passaram desde que comecei a usar todos os dias esta marca, que as tem acompanhado em tudo (agora até já usam o desembaraçador de cabelo com purpurinas da Frozen – emoji de espanto. O tempo passa de uma forma avassaladora!).

Como é possível já terem passado 3 anos deste bombom? 


Que saudades dela assim!

Por isso, quando desafiámos a Corine de Farme a encher a casa da vencedora de produtos para um ano (!!!) e recebemos um “sim”, já tinhamos ficado contentes, mas quando percebemos que os produtos seriam os da nova gama BIO, ficámos radiantes. Já conhecem? São mais que bons! Levámos connosco caixas de Champô Micelar Bio, de Água de Limpeza Micelar Bio, Creme Protector para o Rosto e para Corpo e o Linimento - que com muita pena minha, já não apanhei na fase da fralda da Luísa, mas que já me disseram ser óptimo - e o Gel Banho Micelar Bio. Não é preciso mais nada: limpa-se com uma compressa e com o linimento e já fica tudo hidratado, sem vermelhidões e irritações. É enriquecido com azeite bio com propriedades protetoras e cera de abelha, o que cria um escudo protetor entre o rabinho e a fralda. 

Todos os outros não só já experimentámos como usamos. Agrada-me não serem perfumados, que não faço grande questão (ponho-lhes uma nesguinha de perfume depois na roupa), que sejam hipoalergénicos, mas também que sejam certificados (têm o certificado COSMOS ORGANIC atribuído pela Ecocert) como produtos biológicos. Se já confiava nesta marca, agora ganhou mesmo o meu apreço. 

Mas bem, o Francisco vai ser banhado com estes produtos durante um ano e a mãe do Francisco, a Paula, nem deve saber bem onde guardar tantas embalagens. Adoraram! 

Obrigada Corine de Farme por confiares neste projecto que quer pôr as mães de Portugal a ajudarem-se mais umas às outras! Primeiro passo dado!





*Post escrito em parceria com a marca

5.17.2019

Já temos vencedora do primeiro a Mãe é que sabe ajudar!

Depois de estarmos a preparar isto durante meses: desde o design da nossa Maria Bouza ao rebranding do blog para ficar tudo em sintonia, a apresentação a possíveis marcas parceiras para termos prémios para vocês, ao passatempo, às finalistas... chegamos finalmente à fase de anunciar a vencedora. 




A vencedora é.... 


PAULA GONÇALVES!!!!!

PARABÉNS!!!








E vocês vão ter novidades em breve sobre tudo isto :) Vamos marcar a ida a casa dela para lhe dar ajuda e força e encher-lhe aquele rabo maternal de presentes :)

Obrigada a todas pelas mais de 300 inscrições e vamos fazer disto um hábito: as mães ajudarem-se umas às outras. Se possível, enchendo-as de sopa para a semana ou o que cada uma puder, claro ;)




5.05.2019

Estamos prontíssimas para entrar em vossa casa!

Há uns meses que esta ideia andava a pairar: e se, em vez de nos tentarmos ajudar apenas virtualmente, fossemos mesmo a casa umas das outras? E se... levássemos sopa feita para essa semana? E se... ajudássemos no que fosse preciso? Quem melhor do que as mães para saberem o que outras mães precisam, no pós-parto ou até no final da gravidez?


A Joana Gama manda dizer que está muito agradecida por eu ter posto o meu braço à frente do bícepe dela. É para isso que são as 'migas, Joana ;)




Daí até ao A Mãe É Que Sabe Ajudar foi um pulinho. Connosco levamos uma carrada de produtos para vos ajudar no dia-a-dia e para se sentirem mimadas. Se uma mãe for ajudada já é excelente, mas se conseguirmos alargar isto a mais e mais casas, seria ouro sobre azul. 

Inscrevam-se neste formulário para que vos possamos visitar e ajudar :) Estamos dispostas a arregaçar as mangas e a limpar-vos a casa e esperamos animar-vos, nem que seja com dois dedos de conversa, que bem sabemos que às vezes faz falta em períodos mais solitários... 





Estamos mesmo contentes com este projecto, esperamos que gostem, participem e partilhem com as vossas amigas :) Queremos ir a todo o lado!

P.S. Obrigada à Patrícia Marques pela maquilhagem, estamos gatonas [depois quando nos virem ao vivo não estranhem ahah]

5.01.2019

Gostavam de ter sido (mais) ajudadas?

O pós-parto é uma fase complicada para muita gente. Queremos estar bem, ter forças para fazer tudo e mais alguma coisa, voltar ao nosso corpo, enquanto a nossa mente ainda está aos ziguezagues, há um ou dois ou três filhos para cuidar, roupa com cocó para lavar e mal temos tempo para lavar os dentes. Claro que haverá bebés e bebés, mães e mães... mas, numa casa com poucas ou nenhumas ajudas, é, muitas vezes, difícil dar conta de tudo.


Eu tive a minha avó uma semana em casa - acho - a minha mãe aos fins-de-semana - acho. Não quero ser injusta, mas essa fase da minha vida está um pouco desfocada. Acho que até tive bastante ajuda. Lembro-me de ver a minha avó e a minha mãe a lavarem-me roupinhas da Isabel à mão e a fazerem comida. Não sei quantas vezes nem quanto tempo, mas tenho umas imagens.

Mas durante a semana, sentia-me sozinha às vezes. Quando o David saiu porta fora para ir trabalhar (só teve direito a uma semana em casa), caiu-me tudo. Senti-me uma criança, até. Achei-me incapaz. Mas tudo se compôs. Lembro-me que demorava imenso até sair de casa e de uma vez em que estávamos prontas e ela fez cocó em esguicho (sorry pela imagem gráfica) e me sujou toda. Ou da vez em que eu caí das escadas com ela no ovo (consegui travá-la). Ou de quando comecei a chorar num parque de estacionamento por não estar a conseguir fechar o carrinho e ela estava a berrar no ovo. Lembro-me de às vezes não conseguir comer. De escolher "mal" o tempo em que ela fazia sestas - que eram curtinhas! - e de tudo se encavalitar.


Da segunda filha, tive muito mas muito mais ajuda, ou não estivesse em casa da minha mãe. Foi incrível. O David teve de ir trabalhar também cedo, a minha mãe também trabalhava, mas foi uma ajuda enorme. No entanto, tentava ir buscar a Isabel à escola relativamente cedo, e o dia passava a correr. Mas aproveitei muito essa fase a minha bebé - dormia sestas e tudo. Acho que poder dormir sestas com os nossos bebés devia ser obrigatório. 

Nem toda a gente consegue. E, por isso, foi por todo o caos que pode ser estar na fase final da gravidez (principalmente se se tiver mais filhos já) e o pós-parto que surgiu o A MÃE É QUE SABE AJUDAR.



Eu e a Joana Gama vamos a vossa casa e levamos sopa, limpamos a casa, damos colo ao(s) vosso(s) filho(s) para irem tomar um banho demorado: tudo o que precisarem. 

E ainda levamos presentes: produtos para um ano de banhos da família toda, cosmética e maquilhagem para andarem todas vaidosas, electrodomésticos, uma semana num carro atestado para irem passear, tudo o que precisarem para o desfralde dos bebés... 

Um dia em vossa casa a dar-vos uma ajudinha - é isto que vos propomos! Para isso, só têm de se inscrever aqui e ser a contemplada. Sim?

Gostavam de ser mais ajudadas? Gostavam de ter sido mais ajudadas?


4.29.2019

A Joana Paixão Brás e eu vamos à vossa casa e levamos prendas :)

Já chega :) Já chega de protelar. Vamos avançar com o nosso novo bebé e sem medinhos. 

A Joana Paixão Brás e eu queremos conhecer-vos e queremos dar-vos uma ajudinha. Durante um dia podem por-nos com pasta de dentes a esfregar umas pratas que tenham herdado de alguma avó ou, então, podem só ir retocar as madeixas que nós embuchamos o vosso miúdo de papas de aveia. 

Toda a gente pode ajudar toda a gente, mas queremos - tal como vocês - ver mais entre-ajuda, ver mais mães a ajudar outras mães e com coisas tão simples como levar sopa nos primeiros meses de vida do bebé. Ou nos últimos da gravidez, vá. 

Durante um dia vamos estar ao vosso dispôr e já temos graaaaaandes parceiros que irão tornar este dia ainda mais memorável. Vou dar-vos dicas... 

A nível de beleza vão ter tudo o que precisam, garantimos.  

Algum electrodoméstico que vos faça falta? Esperem até serem seleccionadas, vá. 

Boleia para andarem a passear durante uma semana? Desde que prometam tratar bem do carro... ;)

Os rabinhos dos vossos bebés vão cheirar a fruta... 

E o corpinho dos vossos bebés também vai estar sempre super lavadinho e a cheirar tão bem... ;) e mais? Mais... para ver e ouvir depois! 

Inscrevam-se e partilhem pelas vossas amigas que nos queiram lá em casa. Especialmente as que estejam quase a ser mães ou as que acabaram de ser que achamos que são os casos mais emergentes. 
Pulseirinha vermelha, vá. 

Se quiserem saber mais sobre o nosso projecto "a Mãe é que sabe... ajudar", carreguem aqui. Se forem marcas ainda podem inscrever-se. Enviem-nos um e-mail com "condições" no assunto que respondemos. ;)

Carreguem aqui na imagem em baixo para se inscreverem e... boa sorte ;)




4.03.2019

Olhem a nossa grande novidade! Queremo-vos connosco :)

Esta ideia surgiu por causa daquele provérbio africano "it takes a village to raise a child". É a mais pura das verdades. Apesar de vivermos num tempo e num contexto em que tantas coisas estão tão facilitadas, noutras estamos completamente sozinhas. Às vezes por opção, outras por causa de como as coisas se desenrolam, mas o mais normal é porque as famílias já não estão assim tão perto umas das outras. 

A Joana e eu estamos, tal como vocês, em alguns grupos de mães pelo facebook fora e assistimos a uma grande ligação entre todas, a uma vontade grande de ajudar e de identificação. Pensámos: e se passassemos isto para a "vida real"? Quem melhor, neste momento, para ajudar outras mães que... quem acabou de passar por isso? Nós, as outras mães? 

Então... aí surge o... 





As ilustrações são da nossa Maria Bouza, que também esteve com a mudança da imagem do blog em mãos e achamos que o desenho é mesmo na muche. É esta a nossa intenção. Ajudarmo-nos mutuamente, a levantar, de braços dados, por muito diferentes que sejamos entre nós. Acreditamos que é mais uma forma de tentar unir-nos, de aprendermos a tolerar a diferença e, em último caso, a aceitarmo-nos também.

Já agora, o nome não quer dizer que SÓ a Mãe sabe ajudar, é o nome do nosso blog e um empurrão para as mães passarem a cuidar mais uma das outras também ;)


No que vai consistir? 


- A Joana Paixão Brás e eu vamos fazer um passatempo em que a família vencedora irá receber-nos em casa durante um dia (grande moral, nós sabemos).

- Durante esse dia, em casa dessa pessoa, vamos ajudar a pessoa a fazer o que ela precise e o que seja possível que nós façamos, mesmo que seja varrer a cozinha ou limpar os azulejos da casa de banho.

- Vamos ter algumas marcas connosco e que vão oferecer cabazes e facilidades à família vencedora.

- Ao longo de todo o processo, vamos reportar tudo nas redes sociais. Vamos documentar a preparação, a ida, o dia e o após. É uma espécie de "Querida, mudei-te o dia de hoje". É claro que não é num dia que vamos mudar "a vida de alguém", mas podemos inspirar e podemos ajudar qualquer coisa, achamos nós.

- Queremos que isto aconteça várias vezes ao longo do ano, mas tudo será mediante a aceitação, a vossa participação e o resultado. Haverá mães por aí que queiram dar a cara e, melhor que tudo, nos queiram receber em casa?


Como participar no projecto? 


As marcas que queiram entrar no nosso projecto, podem contactar-nos via e-mail (amaeequesabeblog@gmail.com) que respondemos com as condições.


A primeira vaga, tudo a correr como previsto, será já a 20 de Abril.

Podemos contar convosco?